22Agosto2017

Notícias
Porto Belo Médico é afastado após morte de criança por H1N1 em Itapema

Médico é afastado após morte de criança por H1N1 em Itapema

  • PDF
hospital

 O médico que atendeu o menino Rafael dos Santos, 10 anos, que morreu de gripe H1N1 nesta quinta-feira, 25, em Itapema, foi afastado.

  A direção do Hospital Santo Antônio abriu sindicância para apurar o caso. Nas redes sociais, o pai e a mãe do menino publicaram mensagens reclamando do atendimento prestado a família. A irmã, Rafaela, está internada em Itajaí.ezgif.com-gif-maker_2

 De acordo com o analista administrativo do hospital, Gabriel Baron, o médico que realizou o atendimento foi afastado da função. Uma sindicância para apurar possível negligência também foi aberta. O prazo para conclusão da investigação não foi divulgado.

 O funcionário explicou que os detalhes do caso podem ser esclarecidos com a direção do hospital na segunda-feira.

 A mãe da criança, Fernanda Rafaela, publicou uma mensagem em sua página de Facebook. Ela critica o atendimento do médico que atendeu Rafael. Segundo ela, o profissional teria dito que estava tudo bem com a criança, após a quarta ida ao hospital com a recomendação de dar dipirona. O pai do menino, “Dinho” Santos também fez uma postagem, anexando a imagem da receita dada ao menino. No texto, ele diz que o médico não moveu um dedo para salvar a vida do filho.

 

Artigos Relacionados:

Rede Social Embaixo

Newsletter

Receba as novidades do Portal Costa Esmeralda Online em seu email.